Notícias

  • 09/10/2019 - Cláudio Bertolacini Batista

    Eleição Conselheiro Tutelar

    Eleição Conselho Tutelar 2019 - 2020/2023

  • Aconteceu no último domingo (06/10) a eleição dos novos membros do Conselho Tutelar de Tatuí, para o quadriênio 2020/2023, realizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Tatuí (CMDCA). A eleição aconteceu das 8h às 17h, na EMEF “João Florêncio”, e não houve situações que pudessem comprometer o andamento da votação.

    Ao todo, 3.058 eleitores compareceram para votar em um dos 25 candidatos, que concorreram a cinco vagas para conselheiro tutelar. Foram eleitos os cinco mais votados, e os demais candidatos tornaram-se suplentes, e, em uma eventual substituição de conselheiros, eles serão chamados de acordo com a quantidade de votos que receberam na eleição.

    O horário de pico da eleição ocorreu entre 10h e 12h, e o processo de escolha foi feito por meio de uma cédula de papel, na qual o eleitor teve de assinalar o quadrado com o número correspondente ao candidato que desejava eleger. O prazo para impugnação do processo de escolha é de 5 dias e a homologação do resultado pela prefeita ocorrerá no dia 14/10. Já a posse dos conselheiros tutelares eleitos será no dia 10/01/2020.

    Candidatos eleitos e número de votos – Tia Bete (374 votos); Pastor Will – era suplente e agora assumirá o cargo definitivamente (317 votos); Fabiana Cristina Cubas Campos – reeleita (312 votos); Douglas Rafael Gomes Belanga (303 votos); e Cida Brandão – reeleita (231 votos).

    Candidatos suplentes – 1º – Mário Paes (217 votos); 2º – Dr. Luizinho (177 votos); 3º – Lilian Quevedo (140 votos); Anna Carolina Saroba dos Santos (138 votos); Núbia de Jesus Lencione (136 votos); Cláudia Sales Ferreira (95 votos); Andréia Bueno (79 votos); Claudinéia (Meire) (75 votos); Paola Rosa (69 votos); Helena Borges (63 votos); Sandra Brito (61 votos); Alba Mariela Vieira Defensor (43 votos); Alan Rafael de Alcântara Moraes (40 votos); Melize Glauser de Andrade (39 votos); Paulo Roberto da Silva Camargo (36 votos); Aline Rodrigues (35 votos); Elide Brassolotto Amorim (26 votos); Lucas de Souza Barbosa (23 votos); Prof.ª Telma (15 votos); e Ana Luiza Casalunga Pereira (2 votos).

    Votos por sala – Sala 1 – 484 votos; Sala 2 – 498 votos; Sala 3 – 515; Sala 4 – 520 votos; Sala 5 – 516 votos; e Sala 6 – 525 votos. Votos brancos -6; e Votos nulos – 6.


    Sobre o Conselho Tutelar de Tatuí – O Conselho Tutelar de Tatuí é composto por cinco membros, escolhidos pela população, para um mandato de 4 anos, permitindo recondução, através de um novo processo de escolha, com igualdade de condições com os demais interessados. A jornada de trabalho dos conselheiros tutelares é de 40 horas semanais, e o salário está fixado em R$ 2.100,00. Os conselheiros também têm direito a férias anuais remuneradas, acrescidas de 1/3 (um terço) do valor anual da remuneração mensal, licença maternidade, gratificação natalina, contribuição para o regime geral de previdência e cesta básica, conforme o artigo 28 da Lei Municipal 5.354, de 23 de maio de 2019.

  • 06/09/2019 - Cláudio Bertolacini Batista

    Eleitor, conheça seu candidato ao cargo de conselheiro tutelar e vote consciente.

    Eleição Conselho Tutelar 2019 - 2020/2023

  • O processo de escolha dos membros do Conselho Tutelar ocorrerá em data unificada em todo o território nacional, no primeiro domingo do mês de outubro, (06/10/2019) das 8:00h às 17:00h na “E.M.E.F. João Florêncio”, sito a Praça Paulo Setúbal, 21 – Centro – Tatuí/SP. Para votar é necessário título de eleitor e documento oficial com foto.
    Conheça os Candidatos:

    ALAN RAFAEL DE ALCANTARA MORAES 021 –

    ALBA MARIELA VIEIRA DEFENSOR 019 – Sou professora, com licenciatura plena em História e Geografia, atriz profissional formada pelo Conservatório Dramático e Musical Dr. Carlos de Campos e pós-graduada em Pedagogia. Dei aulas de Literatura Dramática e História da Arte no Conservatório por mais de 15 anos, sou Professora de Artes Cênicas, desde 2002, no Projeto Lar Espaço Feliz, mantido pelo Lar Donato Flores. Dou aulas em cursos de Pós-Graduação sobre: Ludo pedagogia, Deficiência Intelectual, Neuro psicopedagogia, Dificuldades de Aprendizagem e Educação Especial, Metodologia da Pesquisa Científica, Ludo pedagogia Musical, entre outras disciplinas, nas cidades de Tatuí, Tietê, Laranjal Paulista, Boituva e Votorantim. Tenho um filho com 14 anos. Ainda no Lar Donato Flores, leciono sobre Educação Financeira para menores aprendizes. Tenho uma vasta experiência no trabalho com a juventude. Encontro-me plenamente capacitada para a função de Conselheira Tutelar, por isso conto com seu voto.

    ALINE RODRIGUES 003 – Assistente Social, já atuei na área da saúde e nos últimos 3 anos com criança e adolescentes na proteção social básica. Durante 3 anos participei do conselho da criança e adolescentes, Assistência Social e Cultura no Município de Tatuí.

    ANA LUIZA CASALUNGA PEREIRA 008 –

    ANDREIA BUENO 029 – Fui integrante do Lions Clube de Tatuí (Organização Internacional de Clubes de Serviços) cujo objetivo é promover o entendimento de pessoas e atender as causas humanitárias promovendo trabalhos voltados a comunidade local. Sobre o Lions Clube são organizados os “LEO” Clubes de Organizações de Serviços voltadas a juventude no qual fiz parte. Sou formada em Gestão Empresarial (administração) pela Fatec Tatuí com habilidade em Gestão de Pessoas. Pretendo trabalhar com seriedade e idoneidade junto ao Conselho Tutelar em defesa dos direitos impostos no estatuto da criança e do adolescente.

    ANNA CAROLINA SAROBA DOS SANTOS 002 – 26 anos, moro em Tatuí desde que nasci, bacharela em Direito, Conciliadora e Mediadora Judicial por 6 anos, Conselheira Tutelar Suplente do atual mandato, Secretária na Atetu (associação para os estudantes que utilizam o transporte universitário) e Conselheira do Conselho Municipal da Juventude de Tatuí.

    CIDA BRANDÃO 004 – Formada em Pedagogia, trabalhei por 30 anos como professora, coordenadora, diretora, atuei no Conselho Tutelar durante dois mandatos e atualmente estou no meu terceiro mandato. O Conselho Tutelar é um órgão de proteção dos direitos da criança e adolescente. Por isso é importante escolher alguém que já trabalhou vários anos com crianças e adolescentes.

    CLAUDIA SALES FERREIRA 012 – Estou pleiteando o cargo para Conselheira Tutelar em Tatuí. Este cargo requer: ➡ Competência ética e moral ➡ Conhecimento das causas (Leis) ➡ Zelo pelo órgão, muita dedicação e trabalho.✅ Com 45 anos, casada, mãe, microempresária. ✅ Bacharel em Direito. ✅Formação em Psicologia 2020. ✅ Conselheira Tutelar suplente 2017/2020. ✅Terapeuta ocupacional com adolescentes abrigados em instituições. 2015/2019.

    CLAUDINEIA (MEIRE) 010 – casada, mãe de um menino, pedagoga de formação, capacitações no projeto brincar, PLP, várias capacitações para conselheiro tutelar. Várias capacitações em jornadas pedagógicas. A partir do momento que conheci as verdadeiras atribuições do conselheiro tutelar, apaixonei me pela causa, bem por isso venho me capacitando, hoje me sinto preparada para exercer a função com muita responsabilidade dentro das atrações que compete a um conselheiro tutelar, para defender com competência os direitos e deveres das crianças e adolescentes de nossa cidade.

    DOUGLAS RAFAEL GOMES BELANGA 006 – 33 anos, advogado atuante nas áreas de Direito Civil, Direito de Família, Infância e Juventude. Membro da Comissão de Defesa da Criança e do Adolescente da OAB, em Tatuí. Ferrenho garantidor da defesa da criança e do adolescente, compromete-se atuar em prol as mesmas com seriedade, compromisso e respeito, pautado na legalidade.

    DR. LUIZINHO 001 – 42 anos, Advogado há 15 anos, com atuação nas Áreas: Da Infância e Da Juventude, Família, Criminal, Tribunal do Júri, Cível, Trabalhista e Administrativa. Conselheiro Tutelar 2006/2007; 2008/2010; 2011/2014 e 2014/2015. ASSUMO O COMPROMSISSO DE TRABALHAR COM SERIEDADE E EFICIÊNCIA PARA ZELAR PELO CUMPRIMENTO DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E DOS ADOLESCENTES DO NOSSO MUNICÍPIO!

    ELIDE BRASSOLOTTO AMORIM 016 – Bióloga, Pedagoga, pós-graduada em Educação em Saúde Pública. 19 anos de magistério-área ciências e biologia. Coordenadora do extinto "Projeto Minerva" (depois telecurso 1° grau) área de ciências. Cursos e palestras, em escolas estaduais- prevenção ao uso de drogas e gravidez na adolescência. Como voluntária: 1° secretária do CMDCA, presidente do CMAS, membro do COMDEMA, presidente da APAE. Conselheira Tutelar.

    FABIANA CRISTINA CUBAS CAMPOS 011 – 38 anos, casada, três filhos, atualmente conselheira tutelar no final do meu segundo mandato. 2º grau completo, (05) cursos de capacitações na área da infância e Juventude ECA e suas atribuições, curso pródigs / pró - dignidade sexual infantil, Curso de facilitadores JR justiça restaurativa Tatuí. Equilíbrio, lucidez, sensibilidade, comprometimento, responsabilidade, ter PAIXÃO pela causa das crianças e adolescentes, ética, organização, conhecer e saber defender o ECA dentro de nossas atribuições. Sempre em defesa das crianças e adolescentes da nossa cidade.

    HELENA BORGES 025 – Sou casada, mãe de um adolescente, formada em pedagogia e pós-graduada em Psicopedagogia, Neurociência e Dependência Química. Professora com 18 anos de experiência, e Conselheira Tutelar ao final do meu primeiro mandato. Tatuiana de coração, professora de formação e Conselheira Tutelar por paixão.

    LILIAM QUEVEDO 022 – Nascida em Tatuí, sou professora, e estudante de Direito desenvolvo a função de conselheira tutelar desde 2016, venho de uma família que sempre se voltou para as causas sociais em nosso município, espero, com o auxílio da população continuar desenvolvendo o trabalho de proteção dos direitos de crianças e adolescentes em Tatuí.

    LUCAS DE SOUZA BARBOSA 018 – Sou candidato ao conselho tutelar. Já atuo na educação a três anos, e acredito que posso contribuir para melhorar a formação das pessoas de nossa cidade, ensinando-as seus direitos e deveres, formando uma sociedade que valoriza e cuida de suas crianças e adolescentes. Também acredito que é necessário mudar o modo como as pessoas encaram o conselho tutelar, vendo o mesmo com um “órgão transformador” que faz a diferença na comunidade, e não como algo punitivo. Conto com seu voto para que juntos possamos zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente.

    MARIO PAES 017 – *Sou Mário Paes de Camargo *55 anos, casado há 32 anos, 3 filhos *Conselheiro tutelar durante 2 mandatos (8 anos) *Sou assistente social * atualmente exerço atividades como mediador e conciliador jurídico *Professor na escola Ary, Lienettee José Celso de Mello. Minha vida inteira, está envolvida com projetos sociais e atividades com a sociedade de forma voluntária para o melhor da família. Estou disposto mais uma vez para voltar a atuar ao Conselho tutelar e fazer o meu melhor para que os direitos das crianças e adolescentes sejam garantidos e assim termos uma sociedade mais justa. “Só experiência não basta, precisa ter vontade! ”

    MELIZE GLAUSER DE ANDRADE 028 –

    NUBIA DE JESUS LENCIONE 027 – Trabalho na Área Pública há 17 anos, sendo destes 17 anos me dediquei 07 anos com casos de crianças e adolescentes que continuamente tem seus direitos ameaçados e violados, sou formada na área de Assistente Social e posso afirmar com proporção que estou capacitada para assumir este cargo.

    PAOLA ROSA 009 – Paola Crislaine de Oliveira Rosa, 44 anos, casada, mãe de 2 meninas, Inspetora de Alunos desde 2009 na Prefeitura Municipal de Tatuí, Conselheira Tutelar Suplente (2018/2019), Gestora do Programa Escola da Família, Membro do Conselho Municipal de Educação (2018/2019), Diretor Financeiro da APM da EMEF Prof. Firmo Del Fiol (2019/2020), Formada em Serviço Social pela UNIP (2016).

    PASTOR WILL 013 – 33 Anos, brasileiro, natural de Tatuí, Formado em Psicologia, atualmente faço Pós-Graduação em Terapia Familiar, em minha faculdade me especializei nas áreas Jurídica, Escolar e Familiar. Atualmente é Conselheiro Tutelar (Suplente) Gestão 2017-2019, durante esse período atuou por 09 meses. Já atuei em instituições da cidade, onde realizou grupos, palestras com adolescentes em medida socioeducativas. Realiza palestras e grupos em Escolas e Instituições com crianças, adolescentes e pais, visando colaborar com o resgate da família, autoestima, mercado de trabalho, saúde mental, e vínculos afetivos. Realizo diversas atividades de engajamento social, visando despertar a juventude e sociedade em prol ao próximo. Atua com o público infanto-juvenil desde 2003. Participou do curso da Justiça Restaurativa e círculos da mesma. Dentro de suas ocupações religiosas, trabalha desde 2003 nas funções de líder local, regional e distrital nos departamentos de adolescentes e jovens. É secretário COMUJUTA (Conselho Municipal da Juventude de Tatuí). Recentemente recebi prêmio de ser uma das personalidades que desenvolvem atividades e inspiram os jovens, esse prêmio é fundamentado pela ONU. Realizo trabalho de conscientização e resgate nas praças da cidade de Tatuí.

    PAULO ROBERTO DA SILVA CAMARGO 023 – Conhecido como Paulinho, tenho 40 anos nasci e cresci em Tatuí, sou Pedagogo, Bacharel em Direito, e portador do Curso de Capacitação de Recursos humanos para prevenção ao uso indevido de drogas – DENARC. Fui colaborador do antigo Tiro de Guerra de Tatuí, e devido a minha prestação de serviços ao mesmo, tive a honra de ser agraciado com o diploma de colaborador, também recebi da Associação Radio amadorística de Tatuí, o certificado pelos relevantes serviços prestados à comunidade e bem-estar social de Tatuí. Estudei, estagiei e trabalhei na área da educação como inspetor de alunos e professor numa escola particular. Por ser pai e agora avô, busco o melhor para minha filha e meu neto, sou conhecedor da realidade e das dificuldades enfrentadas pela nossa sociedade, me proponho a realizar um bom trabalho em prol da família e da educação de nossas crianças e adolescentes. Entre minhas características estão, adaptabilidade, bom humor, dinamismo, responsabilidade, dedicação ao trabalho e bom relacionamento em geral, sempre focando nos objetivos dos assuntos relacionados à criança e ao adolescente.

    PROFª. TELMA 026 – Meu nome é Telma Beatriz de Moura Silva Pereira, 44 anos, casada e 2 filhos. Resido na cidade de Tatuí e tenho experiência de 14 anos no trabalho com crianças e adolescentes no âmbito escolar, ocupando as funções de professora e coordenadora, com maioria de tempo de serviço público na escola do bairro Tóquio. Sei da necessidade de pessoas dispostas a lutar pelos direitos destas crianças, atendendo suas necessidades, como também de suas famílias, sendo esta uma missão na qual terá todo meu empenho.

    SANDRA BRITO 014 – 56 anos, resíduo em Tatuí, desde 2001, casada, tenho 2 filhas. Nasci em São Paulo, porém, desde criança conheço essa cidade pois, toda a minha família materna é daqui. Sou formada em pedagogia, ingressei na Prefeitura de Tatuí em 2008, fui designada para trabalhar como monitora na Casa de Abrigo Transitória assim minha experiência com crianças e adolescentes, onde aprendi a trabalhar, conhecer, amar e viver uma realidade que até então, eu só conhecia muito superficialmente, através de noticiários. Com aquelas crianças e adolescentes agreguei valores para a minha vida toda e mudei muito quanto à minha maneira de avaliar e entender as pessoas e ter a mais absoluta certeza que cada história tem a sua história. Não poderia deixar de mencionar colegas de trabalho incríveis e inesquecíveis que me ensinaram muito nesse período e que contribuíram para o enriquecimento desse meu aprendizado. Permaneci na Casa de Abrigo até 2012, quando fui para a creche Fortunata da Silva Sá, onde trabalhei com crianças de 0 a 5 anos em todos os seguimentos: berçário, M1 e M2. Foi magnífico, surpreendente por 5 anos, até 2017. Fui muito feliz nessa etapa, ensinando, cuidando, protegendo e aprendendo muito com crianças que jamais esquecerei e novamente com colegas maravilhosas que me faziam conhecer e aprender com gestos carinhosos, doçura e delicadeza numa simples troca de roupa ou num banho. Tenho muita sorte por ter convivido com professores tão capacitados e apaixonados por trabalharem com crianças e adolescentes. Como se fossem pais e mães. O meu amor, por esse trabalho com essa garotada nasceu do meu convívio diário com eles e pela minha admiração por cada monitor que conheci nesses 9 anos.

    TIA BETE 005 – Meu nome é Elisabete Miranda Ferreira, nascida em Tatuí, tenho 41 anos de idade, casada há 19 anos e tenho um filho, sou formada em pedagogia e trabalho como educadora em creche há 14 anos.



  • 24/06/2019 - Cláudio Bertolacini Batista

    Dia Mundial contra o Trabalho Infantil

    12 junho 2019

  • Na quarta-feira (12/06), foi realizado, no Centro de Artes e Esportes Unificados "Fotógrafo Victor Hugo da Costa Pires" (CEU das Artes), um evento alusivo ao Dia Mundial contra o Trabalho Infantil, com o tema: “Criança não deve trabalhar, infância é para sonhar”, promovido pelas secretarias de Trabalho e Desenvolvimento Social e de Educação da Prefeitura de Tatuí, com o apoio do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA).

    O evento teve início com uma oficina do Projeto “Brincar e Cantar, É Só Começar”, realizado pelas professoras formadoras Maria Elisa Machado de Almeida e Ana Paula Cunha Miranda, que proporcionam uma reflexão a respeito das brincadeiras dos tempos de infância. A oficina remeteu a plateia às brincadeiras que, com a correria do dia a dia, foram sendo gradativamente esquecidas, e também à importância do brincar na vida das crianças. “Um adulto feliz brincou na infância”, ressaltou a professora Maria Elisa.

    Logo depois, foi a vez da palestra: “Chega de Trabalho Infantil”, ministrada pela psicóloga Jéssica Magalhães, que abordou dinamicamente a importância do combate ao trabalho infantil e o papel de cada um no que tange este tema. Durante a palestra, foi realizada uma dinâmica, a qual abordou as ações quando as pessoas observam situações de trabalho infantil. Em seguida, também houve uma discussão sobre o tema, realizada por profissionais que vivenciam essas situações diariamente.

    Na ocasião, estiveram presentes o secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social, Alessandro Bosso; o secretário de Educação, professor Miguel Lopes Cardoso Júnior; o presidente do CMDCA, Cláudio Batista; o gestor municipal da Assistência Social, Edmar Pereira; a assistente social do Núcleo da Justiça Restaurativa, Débora Cristina Franco Nunes; a coordenadora do Programa Bolsa Família, Andresa Aparecida Rodrigues Ribeiro; além de representantes de Organizações da Sociedade Civil (OSC's) do município, entre elas Lar Donato Flores, Casa Unimed, COSC (Centro de Orientação e Serviços à Comunidade), Centro Social Arte Pela Vida; coordenadores do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), do Centro de Referência de Assistência Social (CREAS) e das casas de acolhimento; assistentes sociais; psicólogos; e conselheiros do CMDCA.

    Cerca de 30 pessoas participaram das atividades, e receberam panfletos de conscientização sobre a importância de se combater o trabalho infantil.

  • 28/05/2019 - Cláudio Bertolacini Batista

    Eleições Para Conselheiro Tutelar - 2019

    2019

  • Começa no dia 03/06 (segunda-feira) o período de inscrições para os interessados em participar da eleição dos novos membros do Conselho Tutelar de Tatuí, para o quadriênio 2020/2023, realizada pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Tatuí (CMDCA). As inscrições vão até o dia 28/06 (sexta-feira), e devem ser feitas na Casa dos Conselhos, que está situada na Avenida Senador Laurindo Dias Minhoto, nº 310, Vila Dr. Laurindo, das 9h às 16h.

    Os interessados devem ler o Edital 01/2019, disponível nos sites (http://tatui.sp.gov.br/concursos/arquivos/4248-28-05-2019.pdf) ou (http://cmdcatatui.com.br/arquivos/doc28052019083621.pdf), que trata do processo de escolha em data unificada para membros do Conselho Tutelar, a fim de tomarem ciência dos requisitos necessários para se candidatar. Também é necessário que os interessados leiam a Lei Municipal 5.354, de 23 de maio de 2019, disponível nos sites (http://tatui.sp.gov.br/legislacao/arquivos/leis_municipais/5354-23-05-2019.pdf) ou (http://cmdcatatui.com.br/arquivos/doc28052019083200.pdf), que trata sobre o formato do Conselho Tutelar de Tatuí e dá outras providências.

    Todo o processo será desenvolvido por meio de três etapas: inscrição e análise de documentos; exame seletivo; e processo de escolha em data unificada. Após o período de inscrições, no dia 18/08 (domingo), das 9h às 12h, será realizado o exame seletivo, na Escola de Enfermagem “Dr. Gualter Nunes’, que está situada na Rua Rui Barbosa, nº 601, bairro Valinho. É importante lembrar que os portões serão fechados pontualmente às 8h45, 15 minutos antes do exame.

    A escolha dos membros do Conselho Tutelar será realizada no dia 06/10 (domingo) - data unificada em todo o território nacional -, das 8h às 17h. O local onde será realizada a escolha dos membros ainda não foi definido.

    O Conselho Tutelar de Tatuí é composto por cinco membros, escolhidos pela população, para um mandato de 4 anos, permitindo recondução, através de um novo processo de escolha, com igualdade de condições com os demais interessados. A jornada de trabalho dos conselheiros tutelares é de 40 horas semanais, e o salário está fixado em R$ 2.100,00. Os conselheiros também têm direito a férias anuais remuneradas, acrescidas de 1/3 (um terço) do valor anual da remuneração mensal, licença maternidade, gratificação natalina, contribuição para o regime geral de previdência e cesta básica, conforme o artigo 28 da Lei Municipal 5.354, de 23 de maio de 2019.

  • 20/05/2019 - Cláudio Bertolacini Batista

    Caminhada de Mobilização

    18 Maio 2019

  • O tempo chuvoso não impediu que cerca de 200 pessoas participassem, na manhã do último sábado (18/05) - Dia Nacional de Combate à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes, da Caminhada de Mobilização "Proteção Exige Ação", em Tatuí.

    Organizada pela Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), a Caminhada fez parte da Campanha "Faça Bonito - Proteja nossas Crianças e Adolescentes", de combate ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes.

    Reunidos na Praça Olívio Junqueira (chafariz da Avenida das Mangueiras), o público presente caminhou até a Praça da Matriz, com muito barulho de apito, ao som da música tema da Campanha e com a animação dos apresentadores Luiz Antônio Voss Campos e Alexandre Bossolan.

    Estiveram presentes os integrantes de diversos projetos sociais do município, entre eles: Projeto Envelhecer com Qualidade de Vida, do Fundo Social de Solidariedade de Tatuí (FUSSTAT); Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA); Conselho Municipal dos Direitos da Mulher; Conselho Municipal dos Direitos do Idoso; Casa Unimed; COSC - Centro de Orientação e Serviços à Comunidade; e Lar Donato Flores.

    O presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), Cláudio Bertolacini Batista, comemorou a participação de todos na Caminhada. "Agradecemos o envolvimento de toda a Rede Municipal e da sociedade civil, para que a mensagem de conscientização fosse propagada. Creio que alcançamos nosso objetivo!", enfatiza.

  • 15/05/2019 - Cláudio Bertolacini Batista

    Apresentação do Fluxo de Atendimento à Criança e ao Adolescente Vítimas de Violência Sexual

    Fluxo

  • Na noite de terça-feira (14/05), a Prefeitura de Tatuí, por meio da Secretaria de Trabalho e Desenvolvimento Social, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), realizou o lançamento da cartilha com o Protocolo de Atendimento a Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência Sexual no município.

    O evento foi parte da Campanha “Faça Bonito – Proteja nossas Crianças e Adolescentes”, de combate ao abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes. Ele aconteceu no Teatro Procópio Ferreira, do Conservatório de Tatuí, e contou com a presença de, aproximadamente, 350 pessoas, entre elas representantes de OSC’s (Organizações da Sociedade Civil) e do governo, onde destacaram-se as seguintes autoridades: a prefeita Maria José Vieira de Camargo; o vereador e presidente da Câmara Municipal, Antônio Marcos de Abreu; o juiz da Vara da Infância e Juventude e coordenador do Núcleo de Justiça Restaurativa, Marcelo Nalesso Salmaso; o secretário de Trabalho e Desenvolvimento Social, Alessandro Bosso; o secretário de Educação, Miguel Lopes Cardoso Júnior; o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Cláudio Bertolacini Batista; o presidente do Conselho Tutelar, Rodrigo Edval Batista; e a assistente social do Conservatório de Tatuí, Lucilene Pedrina Pereira, representando o diretor executivo da instituição Ary Araújo Júnior.

    A cartilha de Protocolo de Atendimento a Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência Sexual em Tatuí apresenta um fluxo municipal com o intuito de agilizar e padronizar os procedimentos, evitar a revitimização da criança/adolescente, oferecer adequada acolhida à vítima e sua família e proporcionar encaminhamentos eficazes aos serviços da rede intersetorial.

    De acordo com o presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, Cláudio Bertolacini Batista, o protocolo é fruto de um trabalho coletivo, entre setor público e sociedade civil, através de uma comissão instituída pelo Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Tatuí (CMDCA). “Todos tiveram participação e é necessário que todos se empenhem para que tudo dê certo”, enaltece Cláudio.

    Na cartilha também constam explicações sobre as diversas formas de violência (física, psicológica, institucional e sexual); a diferença entre suspeita e indício; o que fazer diante de uma possível situação de abuso sexual; o papel de cada órgão da rede intersetorial, como: Saúde, Assistência Social e Educação, para fortalecer o Sistema de Garantia de Direitos da Criança e do Adolescente; além dos contatos (telefone, endereço e horário de funcionamento) de toda a Rede envolvida.

    Outro evento referente à Campanha “Faça Bonito - Proteja nossas Crianças e Adolescentes” acontecerá neste sábado (18/05), Dia Nacional de Combate à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes. Será a Caminhada de Mobilização “Proteção Exige Ação”, pelas ruas centrais da cidade, com saída às 9h, da Praça Olívia Junqueira (chafariz da Avenida das Mangueiras), seguindo até a Praça da Matriz.

  • 15/05/2019 - Cláudio Bertolacini Batista

    Projeto "AFROAPAEANA"

    Itaú Social / CMDCA

  • No dia 14/05/2019 no Museu Paulo Setúbal a APAE de Tatuí apresentou um pouco da cultura afro-brasileira através de: Exposição Fotográfica Giancarlo Cornoló; Apresentação do Grupo de Afro Reggae; Dança Afro e Maculelê. A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais ao longo de todo ano tem desenvolvido o Projeto Afro Apaeana – A Cultura da Igualdade, um dos 51 selecionados pelo edital da Fundação Itaú Social em todo o Brasil, através do CMDCA.

  • 09/05/2019 - Cláudio Bertolacini Batista

    “Protocolo de Atendimento à Criança e ao Adolescente em Situação de Violência Sexual do Município de Tatuí”

    "Faça Bonito - 2019"

  • Diante das fragilidades da rede municipal na abordagem, atendimento e encaminhamentos das demandas recebidas como consequência das campanhas de prevenção realizadas a partir do ano de 2016, surge a necessidade de uma estruturação padronizada de atendimento e acompanhamento, construída mediante as normas e legislações vigentes.
    A partir de então, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente – CMDCA, assume seu papel articulador frente aos principais órgãos de atendimento à criança e ao adolescente, propondo a construção de um “Protocolo de Atendimento à Criança e ao Adolescente em Situação de Violência Sexual do Município de Tatuí”.
    Considerando a complexidade das ações, o CMDCA instituiu uma Comissão Permanente composta por membros do conselho, servidores municipais e conselho tutelar, por meio da Resolução nº 06/2018, no intuito de coordenar os processos para a formalização do Fluxo Municipal. Foram necessárias diversas etapas, reuniões e debates para o estudo e compreensão dos fluxos internos das principais instituições, a fim de agilizar e padronizar os procedimentos, evitar a revitimização da criança/adolescente, oferecer adequada acolhida à vítima e sua família e proporcionar encaminhamentos eficazes aos serviços da rede intersetorial.
    Partindo da compreensão de que política de atendimento exige a intervenção de diversos órgãos e autoridades, que possuem atribuições específicas e diferenciadas a desempenhar, mas tem igual responsabilidade na identificação e construção de soluções dos problemas existentes, o presente “Protocolo de Atendimento à Criança e ao Adolescente em Situação de Violência Sexual do Município de Tatuí” propõe a existência de um sentido de co-responsabilidade entre todos os atores que atuam nesta política. Nesta perspectiva, exige uma mudança de paradigma e de conduta por parte de cada um dos integrantes do chamado “Sistema de Garantias de Direitos” a partir da ótica da Proteção Integral, que institui crianças e adolescentes não mais como objetos de intervenção do Estado mas como Cidadãos, munidos de direitos, deveres e garantias constitucionais. Na segunda-feira do dia (06/05/2019), no Paço Municipal, uma reunião para a apresentação e pactuação do protocolo de atendimento às crianças e adolescentes vítimas de abuso ou exploração sexual foi realizada. Entre os presentes, estavam: a prefeita Maria José Vieira de Camargo; o juiz Marcelo Salmaso Nalesso (Infância e Juventude); o presidente da Câmara, vereador Antonio Marcos de Abreu; os secretários municipais Alessandro Bosso (Trabalho e Desenvolvimento Social), Renato Pereira de Camargo (Negócios Jurídicos), Miguel Lopes Cardoso Júnior (Educação), Kátia Abuchaim Campos (Saúde); e membros da referida comissão.

  • 16/04/2019 - Cláudio Bertolacini Batista

    Campanha de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes de Tatuí/SP

    Faça Bonito - 2019

  • No Dia 15/04/2019 estiveram reunidos no CEU das Artes em Tatuí, representantes da sociedade civil e representantes do governo para definições de ações referente a campanha Faça Bonito do dia 18 de Maio. Esse ano, especificamente no dia 14/05/2019 teremos a grande novidade que é o lançamento do Protocolo de Atendimento a Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência Sexual em Tatuí, e no dia 18/05/2019 a tradicional passeata no centro da Cidade. JUNTE-SE A NÓS! E AJUDE A AMPLIAR ESTA REDE DE PROTEÇÃO!

  • 01/04/2019 - Cláudio Bertolacini Batista

    Encontro com os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente

    Itaú Social / CMDCA

  • Os Conselhos dos Direitos da Criança e do Adolescente possuem um importante papel para garantir a democracia em nosso país. O Itaú Social desenvolve diversas ações para fortalecer a atuação desses Conselhos.

    Entre os dias 28 e 29 de março, estiveram reunidos os Conselhos Municipais dos Direitos da Criança e Adolescente que receberam apoio no Edital FIA 2018 para proporcionar um espaço de escuta, troca de experiências e reflexões com a intenção de colaborar para o desenvolvimento e fortalecimento desses órgãos. O CMDCA de Tatuí/SP esteve presente nesse evento.

  • 11/12/2018 - Cláudio Bertolacini Batista

    Natal Musical - 2018

    Centro de Desenvolvimento Arte Pela Vida

  • Fundado em Setembro de 2003, o Centro de Desenvolvimento Social Arte pela Vida, é uma Osc quem tem certificação de Entidade Beneficente de Assistência Social, concedida pelo Governo Federal e tem como principal objetivo o desenvolvimento e incentivo a atividades culturais e artísticas na promoção da cultura.

    Atualmente desenvolvendo um trabalho social com 74 crianças no Município de Tatuí, ministrando oficinas de Violão, Percussão, Musicalização Infantil e cidadania, com o objetivo de levar para as crianças e adolescentes a oportunidade de participar efetivamente de atividades artístico-culturais, complementando a educação formal, encontrando nessas atividades uma forma de crescimento integral e promoção da cidadania. Através das oficinas de arte, desenvolver dons e aptidões que as ajudarão no autodesenvolvimento, autoestima e sociabilização.

    A apresentação dos atendidos traz a pesquisa de ritmos regionais e folclóricos que são responsáveis pela composição da musica Brasileira, dentre esses ritmos estão o Coco, ciranda e o maracatu.
    Esta singela apresentação é o resultado das oficinas em grupo com os atendidos da faixa etária entre 7 e 15 anos ministrado por Rodrigo Sacco.

  • 10/12/2018 - Cláudio Bertolacini Batista

    Doação Imposto de Renda

    Imposto Solidário

  • COMO DOAR
    Imposto Solidário
    Destine parte do seu imposto de renda para o Fundo Municipal dos Direitos da
    Criança e do Adolescente (FMDCA) para que este recurso seja utilizado no
    desenvolvimento de projetos que atendem crianças e adolescentes do município de
    Tatuí, aprovados pelo CMDCA.
    A destinação deste recurso não traz nenhum ônus para o bolso do contribuinte e o
    valor destinado ao FMDCA abaterá do imposto a pagar ou acrescentará o valor do
    imposto a restituir na declaração de ajuste anual.
    Trata-se de uma antecipação de parte do imposto de renda que você poderá deduzir
    em sua declaração.
    Quem pode fazer a doação?
    Pessoas Jurídicas que apuram a tributação pelo lucro real poderão destinar até 1%
    do imposto devido, valor a ser compensado do imposto a pagar calculado com base
    no lucro real trimestral ou anual.
    Pessoas físicas que apresentam declaração de imposto de renda MODELO
    COMPLETO podem destinar até 6% de seu imposto devido.
    Atenção:
    A pessoa física não mais precisará efetuar as doações até 31/12 para informa-las na
    Declaração anual do exercício seguinte. Mesmo depois de encerrado o ano, a pessoa
    física poderá optar por doar uma parte de seu imposto devido, a ser verificado na
    elaboração de sua declaração.
    Assim, embora o limite de dedução de pessoa física continue 6% o contribuinte que
    preferir doar no momento da declaração de ajuste, poderá utilizar 3% do imposto de
    Renda devido.
    Qual o prazo para efetuar as doações?
    Pessoas jurídicas: Depósitos até 31/12 (para abatimento na Declaração anual do
    exercício seguinte) – 1% do imposto devido
    Pessoas físicas:
    Depósitos até 31/12 (para abatimento na Declaração anual do exercício seguinte) –
    6% do imposto devido
    Depósitos até 30/04 (para abatimento direto na Declaração anual) – 3% do imposto
    devido.
    Como contribuir?
    1 – Via depósito bancário, transferência ou TED – até 31 de dezembro
    Passo 1 – realizar o depósito bancário, transferência ou TED para:
    Conta Corrente: 9706-3
    Agencia: 6505-6
    Banco do Brasil
    Passo 2 – No caso de doações direcionadas a um projeto específico: Encaminhar
    cópia do comprovante de depósito e carta de destinação do recurso à entidade
    beneficiada ou ao CMDCA para emissão de Recibo de doação.
    Passo 2 – No caso de doações direcionadas ao FMDCA sem destinação a projeto
    específico:
    Encaminhar cópia do comprovante de depósito ao CMDCA para emissão de Recibo
    de doação.
    2 – Para depósitos até 30/04 – somente pessoas físicas (limite 3%) – a partir da
    abertura do sistema pela Receita Federal para Declaração do Imposto de Renda
    anual.
    Passo 1 – O programa e ajuste anual emitirá um DARF para o pagamento no valor
    informado pelo declarante com o código 3351 que não deve ser confundido com o
    DARF emitido para o pagamento de eventual saldo de imposto devido.
    Passo 2 – Efetuar o pagamento do DARF (este valor será automaticamente abatido
    do Imposto a pagar).
    Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente
    CNPJ: 18.127.505/0001-87
    Conta corrente nº 9706-3
    Agência: 6505-6 do Banco do Brasil

  • 28/04/2017 - Thiago Soity Arakaki de Barros

    Alunos da FATEC Tatuí entregam site para CMDCA Tatuí

    Site foi desenvolvido no projeto de graduação

  • Os alunos do curso de GTI (Gestão da Tecnologia da Informação) da FATEC Tatuí, desenvolveram um site para o Conselho Municipal da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Tatuí. O CMDCA é um órgão colegiado permanente, de natureza paritária (representas de Governo e Sociedade Civil), de caráter deliberativo, formulador e fiscalizador de ações de promoção, proteção e defesa dos direitos da criança e do adolescente, incumbindo-lhe zelar pelo efetivo respeito ao princípio da prioridade absoluta à criança e ao adolescente.

    Os alunos responsáveis pelo projeto foram:

    MARCO AURÉLIO SALOMÃO SILAMI FILHO
    RAFAEL ALEXANDRE RIBEIRO
    THIAGO SOITY ARAKAKI DE BARROS

    Sob orientação do Profa. MSc. Patrícia Glaucia Moreno.